Skip links

Colunistas

Conheci anjos verdadeiros que vestem bata!

Hoje a protagonista da historia sou eu. É muito difícil escrevermos sobre nós próprios quando estamos habituados a escrever as histórias de vida dos outros. Mas eu preciso escrever a minha experiência como forma de agradecimento! E já entenderão o porquê desta minha vontade de

Barca estranha

A política em Ponte da Barca está, no meu ponto de vista, estranha. Por um lado, uma cabra aparece à porta da Câmara “sem marcação”. Por outro, um PSD que é mal-amado pela população, mas que tem feito o que o PS não fez em

A captura do mundo pelo tecnocapitalismo

De acordo com Tristan Harris, ex-chefe de ética da Google, é urgente a criação de um “design ético” em cima do modo como as empresas digitais operam. A captura da atenção e a manipulação e modelação comportamental que tem sido encetada pelos gigantes digitais tendo

Ao cuidado de presidentes

Queres planear o Turismo? Queres criar uma linha de ação para desenvolver o Turismo? Então, conhece primeiro. Sabes por acaso quem te visita? Sabes quantos te visitam? Ou porque te visitam? Ou como te encontram para te visitarem? Ou o que fazem quando te visitam?

Ponte da Barca a caminho do abismo?

Quem me conhece sabe que sou natural de Ponte da Barca mas tenho negócio em Arcos de Valdevez. É um luxo estar naquele concelho. Só de uma vez, o município de Arcos de Valdevez vai investir 750 mil euros em estradas ao longo de 11

Limites Infinitos da Opinião

Esta crónica podia ser sobre assuntos da actualidade: os Tweets do Presidente TRUMP e as manifestações dos Black Lives Matter, sobre as “cassetes” do Opinion Makere deputado André Ventura, ou até sobre os estados de alteração de humor da deputada em fim de carreira Joacine

Carta aberta ao Presidente de Câmara de Arcos de Valdevez

Caro Dr. João Manuel, Daqui fala-lhe um conterrâneo seu, nascido há 40 anos na rua Alferes Barros Cerqueira (antigo Correiro Velho), mesmo ao lado do seu atual posto de comando – a Câmara Municipal de Arcos de Valdevez. Hoje escrevo-lhe envergonhado ao dizer-me natural de

Saga do Pensamento em bloco

Este ano certamente tem trazido enumeras questões que nos fazem saltar do sofá e agarrar ao televisor, ou aos telemóveis,  com a raiva de “como é possível alguém pensar assim”? Como poderá alguém pensar de forma tão diferente de mim? Desde a polémica de George

Labirinto de Crises

De crise em crise, seguimos. A história é cíclica e hoje lembrei-me de um ensaio que escrevi durante o curso de promoção a Capitão em plena crise do pós 2008 onde apresentei a CPLP (Comunidade de Países de Língua Portuguesa) como uma janela de oportunidade

“De Paris à Cerca da Milhera (3h)…”

Dizer que de Paris à Cerca da Milhera são 3h de viagem, é o mesmo que dizer ‘é fácil passar de um qualquer frenético centro urbano cosmopolita mundial ao mais recatado ambiente rural disponível em poucas horas’. Passar da “loucura” das grandes cidades ao “marasmo” das