Skip links

Cerveira| Autarquia formalizou contrato da empreitada do Edifício de Cultura e Inovação

Concluído o processo de concurso público e a respetiva adjudicação, o Presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira assinou, esta terça-feira, o contrato de empreitada com a empresa Alfredo Barroso Lda., para a execução do Edifício de Cultura e Inovação de Vila Nova de Cerveira, num investimento na ordem de 1ME. Procedimento segue para deferimento de visto pelo Tribunal de Contas, perspetivando-se que o início de obra aconteça ainda no final deste mês de abril.

 

“Estamos perante uma obra ambiciosa, que assenta num conceito funcional e esteticamente apelativo, sem retirar as características únicas do espaço, e que vai conferir uma maior qualidade e facilidade de uso, consolidando uma identidade urbana moderna associada à qualidade do ambiente urbano e ao dinamismo socioeconómico”, afirma o edil cerveirense. Para Fernando Nogueira, “esta empreitada
enquadra-se na estratégia de regeneração urbana que está em curso em diversas frentes, contribuindo
para a requalificação deste espaço histórico da vila”.

 

A empreitada em causa, que integra o Plano de Ação de Regeneração Urbana do concelho, consiste na adaptação do Antigo Quartel dos Bombeiros Voluntários para um espaço polivalente, que vai permitir a instalação, ao nível do rés-do-chão, da nova e moderna Biblioteca Municipal e da concentração dos serviços da Segurança Social.

Devido ao mau estado de conservação em que se encontra a generalidade do edifício, a intervenção incide numa profunda remodelação interior, de modo a definir as novas valências com espaços amplos e áreas generosas, mantendo o funcionamento independente ou integrado do Cineteatro de Cerveira – Marreca Gonçalves, garantindo o piso superior para fins culturais, recreativos e de associativismo.

Neste momento, e após a assinatura do contrato da empreitada, a autarquia vai remeter a documentação para avaliação pelo Tribunal de Contas, dado tratar-se de uma obra pública com um
investimento de 1ME, com financiamento FEDER através do Programa Operacional Norte 2020.

Conseguida luz verde, os trabalhos avançam para imediatamente para o terreno, para uma conclusão previsível no final deste ano ou início de 2022.

Entretanto, e dada a necessidade de desocupar os edifícios que atualmente acolhem os SMIS e a Segurança Social para a realização da 2a fase da requalificação global da Escola Secundária de Vila Nova de Cerveira, a Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira teve de avançar com uma primeira intervenção de remodelação. Neste momento, já estão em curso os trabalhos que visam a instalação dos Serviços Municipais de Intervenção Social (SMIS) no rés-do-chão do Antigo Quartel dos Bombeiros
Voluntários, localizado à entrada do centro histórico.

 

Escreva um comentário

Nome

Website

Comment