Skip links

CR7 e Messi ‘convidados’ a terminar carreira no México ou nos EUA

O presidente da Liga mexicana, Mikel Arriola, mostrou-se, esta sexta-feira, recetivo à ideia de levar a cabo uma fusão com o principal escalão do futebol norte-americano, a MLS, no seguimento da proposta lançada pelo líder da FIFA, Gianni Infantino.

 

Em declarações prestadas à estação televisiva ESPN, o dirigente acredita que este processo seria benéfico para todas as partes envolvidas, e ajudaria a ‘seduzir’ alguns dos melhores jogadores do mundo.

“Estaríamos ao nível das melhores Ligas do mundo. O passo seguinte seria ter aqui ou nos Estados Unidos os Messs, os Cristianos Ronaldos… Talvez numa fase final das carreiras se imaginem a vir para cá”, afirmou.

 

“O potencial dos Estados Unidos e do México, individualmente e enquanto países separados, é enorme. Mas, se nos pudéssemos unir, seria incrível, estaríamos ao nível das melhores Liga do mundo”, rematou.

Fonte: Noticias ao Minuto

 

Escreva um comentário

Nome

Website

Comment