Skip links

Aumentam casos com lagarta do pinheiro. Quais os sintomas?

Câmara Municipal de Lisboa explica as características do inseto e o que fazer caso haja contacto com o pelo de um. Fique a par.

 

 

A processionária ou lagarta do pinheiro é um inseto conhecido pelos problemas que pode trazer tanto a humanos como a animais de estimação quando há contacto com o pelo. Como tal, a Câmara Municipal de Lisboa (CML) alertou a população para os sintomas e acerca do que deve fazer em situações destas.

O animal trata-se de um “inseto desfolhador de espécies de árvores resinosas” e, na fase em que “se deslocam dos ninhos, localizados na copa das árvores, para se enterrarem no solo, existe risco de alergias” em caso de toque, indica a autarquia num post colocado no Facebook.

 

 

Na cidade, diz-se ainda, “verifica-se uma maior percentagem de casos entre os meses de janeiro a março”, razão pela qual esta informação faz (ainda mais) sentido nesta altura do ano em que nos encontramos.

Mas quais são os sintomas associados? Quem entra em contacto com a lagarta do pinheiro terá “prurido na pele, prurido ocular, espirros, dificuldades respiratórias, náuseas, vómitos, sensação de desmaio”, entre outras manifestações.

Em caso de sentir algo semelhante, deve ligar para a Linha Saúde 24 (808 24 24 24) ou, em caso de emergência, para o 112.

Fonte: notícias ao minuto

 

 

Escreva um comentário

Nome

Website

Comment