Skip links

Menino de quatro anos fica órfão. Pais morreram com Covid-19

No espaço de 100 dias, Raiden Gonzalez, de quatro anos, perdeu o pai e a mãe na luta contra a Covid-19.

 

Em junho, Adan, pai do menino, ficou doente com coronavírus após um colega de trabalho ter testado positivo. O homem de San António, Texas, nos Estados Unidos, acabou por ser hospitalizado e não resistiu à doença. Morreu a 26 de junho, com 33 anos.

Mariah, mãe de Raiden, ainda estava de luto pelo marido quando o vírus a atingiu. Também para ela foi fatal.

Morreu no dia 5 de outubro, poucas horas depois de se começar a sentir mal. O teste foi feito no hospital no mesmo dia em que Mariah sentiu os primeiros sintomas. Tinha 29 anos.

A família de Raiden tenta agora preparar uma festa de aniversário ao menino, que celebra o 5º aniversário no dia 28 de novembro, numa tentativa de trazer alguma alegria à criança.

A avó de Raiden, Salinas, afirma que têm sido dias difíceis e que o menino ‘chama frequentemente pela mãe’

Apesar da perda violenta para este menino de apenas quatro anos, tem sido ele a força da avó materna nesta fase.

“Ele faz-me continuar, apenas com os seus amigáveis e contantes lembretes em que diz o quanto me ama. Está sempre a agradecer-me por tomar conta dele”, conta Salinas.

Fonte: CM jornal

Escreva um comentário

Nome

Website

Comment