Skip links

Caminha | Irá Liliana Silva enfrentar Miguel Alves nas autárquicas de 2021?

Liliana Silva voltou à liderança da Comissão Política de Secção do PSD Caminha. A atual vereadora da oposição foi eleita este sábado num sufrágio de lista única.
Antiga deputada na Assembleia da República, associativista concelhia ativa, defensora pública da Serra D’Arga e de uma ligação internacional Rodoviária com La Guardia, Liliana Silva volta assim ao leme da concelhia laranja do concelho.
Entre outros nomes na lista vencedora, consta o de Rosa Máximo, professora e delegada sindical, que vai ocupar o cargo de Presidente da Mesa da Assembleia de Secção de Caminha.
“Conto na minha equipa de trabalho com pessoas de várias áreas, todos com uma vontade férrea de continuar a defender o concelho de Caminha e a suas gentes”, disse Liliana Silva.
Quanto ao resto da lista, é composta por pessoas “que têm defendido sempre a sua terra e não se têm poupado a esforços para o conseguir”.
A nova presidente vai mais longe e diz mesmo que “é preciso pugnar pelo direito à liberdade de discutir política em Caminha de forma saudável. Queremos discutir, no bom sentido, ideias e projetos para o futuro de Caminha e deixar de discutir pessoas”.
Questionada sobre os problemas que a preocupam, a nova líder estendeu um olhar para lá da pandemia. “Falta de emprego, a sazonalidade do turismo, a falta de investimentos, de empresas e industrias” são outros dos flagelos que Caminha enfrenta na visão do PSD.

Escreva um comentário

Nome

Website

Comment