Skip links

BTT no Campeonato Nacional de XCM

Para a equipa São Pedro d’Arcos Associação de Ciclismo “nos tempos que correm não é fácil alimentar a vontade e manter o entusiasmo para treinar pois a ausência de certezas de que esse esforço será aproveitado e convertido nos resultados que propusemo-nos alcançar pode deitar por terra a mais sólida das vontades”. 

Foi por esse motivo que a notícia da confirmação da realização do campeonato nacional de XCM foi recebida com bastante agrado no seio da SPACBTT. Estava assim agendada uma data para passar para o terreno a sede de competir e mostrar outra vez a fibra de que é feita esta equipa. Foram largos os dias ausentes da competição, mas também foram largos os dias em que o foco se manteve e não permitiu que os objetivos se desmoronassem.

Regressar à competição logo numa prova como o Campeonato Nacional exigiu aos nossos atletas e uma grande capacidade de concentração e sacrifício que não veio mais do que mostrar que eles estavam à altura das suas responsabilidades respondendo com exibições sólidas e de grande destaque.

Presenteados com um percurso exigente em forma de circuito caracterizado pelo piso solto que dificultava tanto no momento de subir como de descer e recheado de exigentes paredes só as mentes mais fortes seriam capazes de aguentar a passagem consecutiva pelos os mesmos obstáculos. Assim o fizeram os nossos atletas tendo alguns deles sido os mais fortes nas suas respetivas categorias.

Como foi o caso do Filipe Machado, Campeão Nacional na categoria M35, do Tiago Fernandes Vice-campeão Nacional na categoria de M30, o Miguel Pinto 3º classificado em M40 e o João Leite 3º classificado em M45.

Quanto aos restantes elementos embora não tenham alcançado o pódio bateram-se fortemente com os seus adversários e assim
contribuíram para que a SPAC BTT alcançasse o segundo lugar coletivo por equipas e ganhasse assim o título de Vice-Campeã Nacional de XCM de 2020 em Masters.

São dias como este que mostram que uma equipa unida e que leva o seu trabalho a sério tanto dentro como fora de prova só pode alcançar bons resultados. Por de trás das prestações dos nossos atletas esteve também um staff empenhado e com um grande nível de organização empenhado para que nada faltasse a quem estava no terreno a dar o máximo.

Classificações Finais:
ELITES
35º Lugar – Fernando José Alves
MASTER 30
2º Lugar – Tiago Fernandes
8º Lugar – Vitor Melo
MASTER 35
1º Lugar – José Filipe Machado Lourenço
7º Lugar – André Araújo
DNF – Hélder Caldas
MASTER 40
3º Lugar – António Pinto
MASTER 45
3º Lugar – João Leite
MASTER 50
12º Lugar – Manuel Costa

Anúncio 

Escreva um comentário

Nome

Website

Comment