Skip links

Nobel da Medicina de 2020 distingue descoberta do vírus da Hepatite C

“A descoberta do vírus da Hepatite C revelou a causa dos casos restantes de hepatite crónica e possibilitou exames de sangue e novos medicamentos que salvaram milhões de vidas”, nota o Comité Nobel. A doença é uma das principais causas de inflamação do fígado e cancro.

Prémio Nobel da Fisiologia ou Medicina foi esta segunda-feira entregue a Harvey J. Alter, Michael Houghton e Charles M. Rice, três cientistas que descobriram o vírus que provoca a hepatite C. De acordo com o Comité Nobel os investigadores “tiveram uma contribuição decisiva para enfraquecer a hepatite transmitida pelo sangue”.

A Organização Mundial da Saúde estima que haja mais de 70 milhões de casos de hepatite em todo o mundo e 400.000 mortes a cada ano. A doença é uma das principais causas de inflamação do fígado e de cancro.

Anúncio

Escreva um comentário

Nome

Website

Comment