Skip links

Em 10 municípios, apenas 2 não têm plano de defesa da floresta atualizado

Ponte da Barca e Ponte de Lima são os únicos do distrito de Viana do Castelo sem plano de defesa da floresta atualizado para o período de 2019-2028.

De acordo com o relatório do ICNF (Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas), os municípios de Ponte de Barca e Ponte de Lima são os únicos do distrito de Viana do Castelo que não possuem atualizado o Plano Municipal de Defesa da Floresta contra Incêndios (PMDFCI). De acordo com o mesmo relatório, os municípios de Ponte de Lima e Ponte da Barca estão entre 102 municípios portugueses que não possuem PMDFCI atualizado.

Os restantes 8 municípios (Arcos de Valdevez, Caminha, Melgaço, Monção, Paredes de Coura, Valença, Viana do Castelo e Vila Nova de Cerveira) contam já com um PMDFCI de nova geração. Os novos planos municipais de defesa da floresta contra incêndios vigoram no período de 2019-2028.

Enquanto instrumentos operacionais de planeamento, programação, organização e execução de um conjunto de ações de prevenção, que visam concretizar os objetivos estratégicos de diminuição do impacto causado pelos incêndios florestais nos municípios, procurando defender a floresta, a vida das pessoas e os seus bens, os PMDFCI de nova geração focam a sua atenção na diminuição exponencial do número de ocorrências de incêndios florestais e consequente área ardida, através da execução de diversas ações, preconizadas num programa de ação concertado, envolvendo a interligação entre todos os agentes envolvidos. Igualmente, salienta-se que a par dos PMDFCI, os municípios tendem a apresentar os PFC (Plano de Fogo Controlado), principal ferramenta de apoio à execução dos PMDFCI. Assim sendo, municípios com um plano contra incêndios de nova geração estão melhor preparados para uma ação mais eficaz no terreno.

Anúncio

Escreva um comentário

Nome

Website

Comment