Skip links

Fronteira da Madalena, em Lindoso, já abriu

As fronteiras com Espanha reabriram esta quarta-feira, 1 de julho. Agora será possível o livre trânsito entre os dois países. Os comerciantes aplaudem e agradecem esta medida e reafirmam que ‘devia ter sido mais cedo’, uma vez que muitos destes comerciantes vivem do turismo para sustentar os seus negócios.

No entanto, alguns populares têm receio que com a abertura das fronteiras os casos de covid-19 se alastrem cada vez mais e dentro em breve ‘tenhamos de voltar todos ao confinamento que vivemos em março e abril’.

A fronteira da Madalena, em Lindoso (Ponte da Barca) foi reaberta e as fotografias do camião a tirar as pedras de grande porte que faziam a vedação no lugar já circulam nas redes sociais, seguidas por inúmeros comentários.

Esta fronteira, à semelhança das demais fronteiras do Alto Minho, é um dos principais pontos de passagem fronteiriço do norte do país para a Província de Ourense, na Galiza.

Espera-se agora que o movimento nesta zona seja dinâmico com os trabalhadores transfronteiriços de volta às suas rotinas, com os comércios a receberem clientes e as famílias a se reunirem novamente depois de quase quatro meses de ausência.

Vanessa Reitor 

Escreva um comentário

Nome

Website

Comment