Skip links

AUGUSTO MARINHO PEDE REPATRIAMENTO DA JOVEM BARQUENSE AO MINISTRO DOS NEGÓCIOS ESTRANGEIROS

O autarca barquense, enviou, o dia de hoje, sábado, 16 de maio, uma comunicação oficial ao Ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, pedindo o Repatriamento da Jovem Portuguesa retida atualmente no México, a bordo da embarcação Koningsdam o qual esteve em alto mar por mais de 75 dias, impedidos de desembarcar nos países nos quais fizeram a tentativa. 
O autarca refere que “tomei conhecimento o dia de ontem desta situação e não podia ficar indiferente. Por isso, iniciei rapidamente as diligências para pedir junto do Ministério dos Negócios Estrangeiros, na pessoa do Sr. Prof. Dr. Augusto Santos Silva, para que esta situação seja considerada o mais rapidamente possível”.
Assim, como se pode ler no documento oficial enviado ao Ministério, Augusto Marinho pede “tratando-se de uma situação que se prolonga há mais de 75 dias, apelo a V.ª Ex.ª que considere o seguinte pedido com a maior rapidez possível para assim assegurar o regresso desta cidadã a Portugal, o mais rápido possível (…) no obstante a cidadã em causa ter enviado comunicação ao Governo Português, compreendendo a exigente complexidade dos milhares de processos de repatriamento que se encontram em curso de portugueses que cá pretendem encontrar abrigo neste momento de maior incerteza  provocada pela pandemia, venho pelo presente solicitar V.ª Ex.ª apoio para assegurar o repatriamento da cidadã Otelinda Margarida Beito Sá”. 
O edil, confirma de igual forma que ficou surpreendido quando soube desta situação e “não podia ficar indiferente. Não só pela Margarida, jovem barquense, mas também pelos restantes 15 portugueses que a acompanham na embarcação e que depois de tantos dias retidos em Alto Mar, estão desejosos de voltarem a casa e poderem estar com as suas famílias”.
Por sua parte Margarida Sá refere que “aqui no barco não temos qualquer caso positivo de COVID-19. Nós é que deveríamos ter medo de ir  para terra porque ali sim há um grande número de infetados. Nós, a tripulação e passageiros deste barco não significamos um risco. Estamos todos bem de saúde. Aquilo que começa a ser muito difícil de gerir é o psicológico”, afirma.
Augusto Marinho, presidente da Câmara Municipal de Ponte da Barca tem estado, de igual forma, em constante contacto com a jovem barquense desde o dia de ontem “e a monitorizar a situação de perto. Sei que a Margarida e os seus colegas estão bem fisicamente. E irei continuar a manter contacto com esta jovem. Aguardando agora não só resposta do Governo Português, mas de igual forma, atento à resposta que o Governo Mexicano poderá dar em qualquer momento”, afirmou.

Notícia em atualização 

Vanessa Reitor 

 

 

 

 

Escreva um comentário

Nome

Website

Comment