Skip links

Barquenses aderiram à solidariedade apesar da pandemia

“Dar sangue é dar vida”

Foi na manhã desta quinta-feira, que o Edifício da Casa da Cultura em Ponte da Barca recebeu cerca de uma centena de pessoas que acudiram ao chamado feito pelo Município, em parceria com a ULSAM, para doar sangue.

Os barquenses acudiram para ajudar. Numa dádiva que faz agora, nestes tempos de pandemia, muito mais sentido uma vez que as reservas de sangue a nível nacional também se têm visto afetadas. Não só pelo decréscimo nas doações, mas também, pelo incremento dos utentes aos centros hospitalares.

Vários dos assistentes confessaram sentir-se orgulhosos e com aquela sensação de ‘dever cumprido’ ao ter assistido a esta iniciativa “sabemos que doar sangue é um gesto que pode vir a salvar muitas vidas e por isso devíamos todos ter a consciência da importância que este ato tem para a sociedade em geral”, afirmou uma das dadoras.

A iniciativa decorreu entre as 9h00 da manhã e o 12h30.

 

Escreva um comentário

Nome

Website

Comment