Skip links

Ponte da Lima sai da ADAM. Verdade ou mentira?

Segundo o jornal online ‘O MINHO’: “o autarca de Ponte de Lima terá negado que vá a abandonar a empresa Águas do Alto Minho”. Confirmando de igual forma que “vão reunir-se amanhã com a administração da empresa por causa dos erros de faturação com que muitos consumidores têm sido confrontados” (…)

O Pasquim da Vila aguarda, ainda, o esclarecimento oficial por parte do autarca, Vítor Mendes, sendo que uma fonte ligada ao Gabinete de Comunicação do Município terá adiantado que “não temos qualquer informação que confirme que deixaremos de ser parte da ADAM. Adiantando ainda que o autarca se encontrava em reunião de Câmara e que provavelmente, no fim, poderia dar também as suas declarações ao respeito”.

Informação em atualização…

https://ominho.pt/autarca-nega-que-ponte-de-lima-va-abandonar-aguas-do-alto-minho/

INFORMAÇÃO do GRUPO AMIGOS UNIDOS por COURA, Queremos informar aos amigos que este grupo recebeu há pouco uma…

Publicado por Sem Paredes Em Coura – Portugal em Segunda-feira, 20 de abril de 2020

Vanessa Reitor

 

 

 

 

 

Escreva um comentário

Nome

Website

Comment

  1. Resido em Braga e tenho um apartamento de férias em VPAncora.
    De repente começo a verificar debitado na minha conta valores absurdos de gastos de água.
    Não percebo como a ADAM conseguiu dados da minha conta quando não lhes assinei qualquer autorização nem assinei qualquer contrato com eles mas sim com a anterior entidade.
    Liguei dezenas de vezes e nada, decidi enviar mail e passados 3 dias recebo chamada para o NR.indicado no mail, era da ADAM.
    Questionei a funcionária sobre os valores faturados e informou-me q faziam por estimativa.
    Disse-lhe q o apartamento não tinha gastos de água a maior parte do ano pois só era utilizado no Verão.
    Disse-me q para pagar o valor real teria de lhes comunicar a leitura pois o contador não estava na rua e assim não podiam fazer contagem.
    Disse-lhe q ao longo de mais de 20 anos sempre esteve no mesmo local e sempre fizeram leituras e que não podia ir todos os meses de Braga fazer ida e volta 100 km para dar leituras.
    Disse-me q se não desse a leitura seria sempre por estimativa.
    Resumindo pergunto, mudaram de comercializador porquê e para que?
    Ficamos a pagar mais pelo M3 porquê?
    Transferiram contratos e forneceram dados bancários com a autorização de quem?
    Quem está a ganhar com tudo isto?
    Eu não acredito q a ADAM seja a única beneficiária com esta marosca.
    A ver vamos mas a verdade deveria ser apurada e a justiça feita.

  2. Acho que as pessoas que estão na frente desta empresa ou são burros ,ou não sabem ler,admite-se mandarem facturas com valores escandalosos ,que nada conrresponde á realidade,isto é mesmo de malucos..Ladrões..

  3. Boa tarde, recebi a primeira fatura de água e paguei. Antes de vencer a que recebi hoje; retiraram-me
    da conta bancaria 26 euros. mandei um email para que me explicassem o que se estava a passar sem
    autorização de débito direto e sem fatura, uma vez que o meu débito direto era do contrato com a o
    Município de Ponte de Lima. Liguei várias vezes , não me atenderam nem responderam ao email que
    lhes enviei. onde está a credibilidade desta empresa?

  4. Desde janeiro não recebi nenhuma carta das água. Já foi a loja e encontrasse fechada. Na linha de apoio não me dão resposta . O que fazer ????

  5. Cambada de ladrões. Eles vão ver quando vierem pedir votos. Eles pensam que o povo é burro, e que esquece assim tão fácil?? Já vão ver

  6. Post comment

    Leocadiasilva@hotmail.com de says:

    Devido ao montante desorvitante que tenho para pagar daí o meu desagrado

  7. Post comment

    Olinda graciosa guerra rodrigues says:

    Não se admit isto a minha factura veio com o dobro como é possivel Sr presidente

  8. Post comment

    Jose da Cunha Barreiro. says:

    Estão nos a roubar isto não pode continuar.vamos a luta Courenses .vamos vencer. Senhores Presidente de Camara .foram eleitos Reflictam o dinheiro na chega para tudo a gente a passar fome.