Skip links

Neste natal, pensa!

É normalmente nesta época festiva do ano que as reflexões surgem. O ambiente fica propício ao convívio, mas também à introspeção. Pensamos naqueles que já não estão entre nós. Naqueles que por algum motivo, não podem estar presentes no dia de Natal e pensamos de igual forma, nos amigos.

E é claro que é legítimo falarmos de amizade na véspera do natal. Pelas nossas vidas vão passando inúmeras pessoas e todos eles chegam com um ensinamento. Muitos são como estrelas fugaces, chegam subitamente e por alguma razão, nem sempre negativa, desaparecem, deixando uma boa recordação que nos faz querer voltar a vê-los algum dia. Outros, que por vezes conhecemos na infância, e rapidamente se tornam nossos parceiros, aqueles de quem chegamos a gostar como se fossem nossos irmãos.

E depois estão aqueles amigos que conhecemos pelas circunstâncias da vida e no âmbito laboral, que também eles, se tornam facilmente elos importantes da nossa vida porque partilham connosco experiências, preocupações, histórias, vivências, dificuldades, e que pensamos nos acompanharão pela nossa vida fora. Mas nem sempre conseguimos conservá-los.

A amizade, como qualquer relação humana, precisa de limites. A lealdade e o respeito devem ser recíprocos. É suposto ficarmos contentes com as vitórias dos nossos amigos. A amizade verdadeira só entende de cooperação, de ajuda, ainda quando a vida nos leve por caminhos diferentes, vamos querer sempre que os nossos amigos vinguem! A amizade não pode ser uma medida unidirecional regida por ‘necessidades’ individuais.

Quando o egoísmo e a falta de consideração tomam conta das nossas relações vamos perdendo afetos, tão importantes na nossa vida. As nossas atitudes acarretam consequências e quando tratarmos com desdém, alguém que nos fez parte da sua família, a amizade quebra. Que este Natal nos faça refletir e entender que as verdadeiras amizades são jóias que o universo nos oferece e que saibamos tratar com amor, respeito e sem egoísmos,  aos nossos semelhantes e amigos!

Feliz e Santo Natal a todos!

Vanessa Reitor

Escreva um comentário

Nome

Website

Comment