Skip links

Hoje é um bom dia para dizer CHEGA!

E não estamos aqui a falar dum novo partido político, com novos discursos, e as pretensões de sempre, estamos a falar de algo realmente importante e que a todos nos deve dizer respeito: a violência!

Assinala-se a 25 de novembro, o dia internacional para a eliminação da violência contra as mulheres. Uma data que não devia ser assinalada, mas infelizmente os registos -quase diários- de mortes por violência doméstica parecem aumentar e por isso, foi necessário criar este dia como uma forma de consciência coletiva que tente chamar a atenção para tão infeliz ato.

A violência, em qualquer das suas aceções, nunca deveria ser um cenário plausível de acontecer. Mas parece que cada vez mais o ser humano, quando se vê incapaz de realizar e concretizar os seus desejos, procura a pior forma de escape para o que pretende. E é nesses cenários de vazio e frustração que encontramos a violência. O irrespeito elevado ao máximo exponencial.

O flagelo que vivem todas as pessoas (homens, mulheres e crianças), que lutam diariamente contra a bruma da violência nunca deveriam sentir-se sós. Provavelmente enquanto lês este texto haja uma pessoa, perto de ti, a ser vítima de violência e isso, assusta-te ou preocupa-te? Se a resposta é não, tu também és parte do problema! Sempre ouvimos dizer que “entre marido e mulher não se mete a colher”, mas quando somos sabedores duma situação de violência ou irrespeito deveríamos ser capazes de agir, de denunciar, de apoiar e ajudar quem sofre.

Mas também nós somos vítimas do medo. Receamos ser os informantes duma situação menos positiva. E assim, acabamos por nos tornar, cúmplices da situação. Por isso este chamado de alerta não é só para que as vítimas possam ganhar a força de que precisam para denunciarem e romperem com o terror da violência, mas acima de tudo, para todos nós, para que possamos compreender e interiorizar que a violência existe e está a destruir, todos os dias, a nossa sociedade.

Vanessa Reitor 

Escreva um comentário

Nome

Website

Comment