Skip links

PASQUINADAS DO JOAQUIM

CAROCHINHA E JOÃO RATÃO

O primeiro-ministro, autarcas, ministros e ex-ministros andam por aí desenfreados, inaugurando e reinaugurando coisas e loisas. Claro que tudo isto é para ver se a gente vai na cantiga de “Quem quer casar com a carochinha que é rica e formosinha?”. Mas a gente já não vai em cantigas, duns e doutros, porque já os conhecemos de ginjeira.

A verdade é que  cada vez mais só nos preocupamos com aquilo que fazemos, nos rodeia e com as pessoas que nos querem bem, o que feitas as contas também não é gente por  aí além. Bem pode a carochinha arranjar-se e cantar à janela que já não embarcamos em cantorias. Nem ficamos a guardar a panela que tem ao lume enquanto vai às compras, porque conhecemos a história e recusamo-nos a cair no caldeirão.

Estes nossos políticos vão fintar-nos uma vez mais, a gente já sabe e paga sempre com língua de palmo. Mas ao nos enganarem mais uma vez, a gente já está acostumada e não estranha. E podemos ficar contentes por não embarcarmos na história do João Ratão .

JOAQUIM LETRIA

 

 

 

 

 

Escreva um comentário

Nome

Website

Comment